quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

cenas dos próximos episódios

Vai sair um post sobre como afinal, sim, as crianças conseguem ser muito mázinhas umas com as outras e, não, não estou a falar das honestidades que as crianças dizem de forma cómica aos 3 anos. Estou a falar de crianças da faixa etária dos 10 anos.



Há duas semanas, a Magnólia teve um dos encontros receados e esperados por nós: uma fuinha menina, na escola, perguntou-lhe se não se sente inferiorizada por ter sido adoptada.
Dentre as perguntas sobre se conhece os seus progenitores e se não tem saudades, lá veio a derradeira sobre uma pretensa inferioridade.






O ano passado já tinha havido um episódio semelhante, mais imediato. Ela esperava-me ao portão da escola e uma colega chamou-a a brincar, ao que respondeu que não podia porque esperava a sua mãe. A ranhosa da cachopa respondeu-lhe «Quer dizer, estás à espera da tua “mãe”» fazendo o gesto de aspas com os dedos ao dizer mãe.


Deslarguem-me, senão eu... !


Depois venho cá dizer como lido com isto.


Para mostrar à Magnólia como pode neutralizar em si os actos passivo-agressivos as inconveniências dos outros.


E sentir-se mais tranquila e confiante e com as armas a bagagem necessária para ir lidando com este tipo de investidas. Dou-lhe sugestões sobre como pode lidar com a situação no momento.


Ela acaba sempre estas conversas com um olhar sereno, abraçada a mim, e eu com planos maléficos para ir lá dar cabo daquela gente toda sensação de missão cumprida.


Para já, e porque acordei com isto (não sei bem porque) vim dar um cheirinho do tema e partilhar convosco a minha irritação.


Bom dia a todos,
Cipreste

11 comentários:

Mãe Sabichona disse...

:D

Cipreste disse...

8-)

Patricia disse...

A prepósito disso.
Uma "conhecida" minha que adotou um miudo em bebe (que agora tem 2 anos) andava a fazer uma coleção de personagens do imaginario infantil que tinham sido adotadas...para pintar no quarto!
E eram imensas...

Ana de Green Gable, Homem Aranha, Super Homem, As meninas do gru Mal disposto, o tarzan, o panda Kung-fu, o Mogli etc...

Patricia

Anónimo disse...

As crianças são mázinhas e alguns adultos parvos!!! No outro dia descobri que uma pessoa foi contar ao neto de 5 anos que o meu filho era adotado. Qual é a necessidade disto!?!? Um miúdo para vir brincar com o meu filho precisa dessa informação?!?! O mais grave é que para explicar a razão da adoção inventou algumas informações!!! Fiquei furiosa!!!
Ana F.

Anónimo disse...

Em que dia e que e a espera?
Na porta da escola ou no parque?
se a Guimaraes precisar de re-aparecer, diz-me.
...
que dor, minha amiga, que dor, mas voces hao de crescer fortes, e hao de ser fortes que eu sei. Porque voces nao sao histereis nem do coracao, nem de espirito, nem de ideais, nem de sentimentos, nem de principios, nem de coragem.
Abraco muito apertadinho cheio de saudades.
K

Anónimo disse...

Ok
leia-se "estéril"
...
eu adoro-me!

Cipreste disse...

K!!! ri que nem uma histérica estéril
eu também te adoro :D obrigada pela gargalhada!

sim, chamemos a Guima 8-)


Patrícia, essa é muito, muito boa, vou registar, obrigada ;) há um blog americano que sigo (tenho de lembrar qual deles é) que uma vez deixou uma lista enorme

Ana, isso é simplesmente horrível :( bah!
beijinhos para vós e para o petiz :)

Bom dia!

Anónimo disse...

Querida Cipreste

Continuo à espera de ser "mãe do coração" e acompanho a tua história desde muito antes. Nem sabes como me identifico com os teus posts. Hoje pela manhã li o de 17 de fevereiro. Espero que a minha história chegue a ter um episódio em que eu possa dizer: estes meus filhos, ainda que não nascidos de mim.

Força, querida, me solidarizo sempre.

beijinhos

Adry Cristy

Cipreste, Chaparro e Freixo disse...

Olá, Adry

:) obrigada

torcemos que a vossa espera seja pequnina!

beijinhos,
Cipreste

Olivia Batista disse...

Eu sei que a "história" é uma tristeza, também por lá passamos de vez em quando e não melhora com a idade, na adolescência só piora... mas deixa-me dizer-te que as ilustrações me deixaram com um grande sorriso :)
Beijinhos

dia limpo disse...

:D ainda bem!

beijinhos!